terça-feira, 27 de julho de 2010

Aokigahara: "o bosque da morte"




Aokigahara é um bosque na base do monte Fuji no Japão, também conhecido por "Mar das árvores". Possui cavernas que não degelam, mesmo durante o Verão.
­
­
É um bosque tão fechado que, quando o sol brilha sobre ele, a luz penetra pelos vãos entre as copas das árvores e forma pilares de luz. Tem aspecto fantasmagórico. Depois de um tempo caminhando, as árvores se fecham de tal maneira que é impossível ouvir algo além dos sons que a natureza faz.
­
­
Contam-se muitas lendas acerca da floresta de Aokigahara, segundo uma, as rochas da montanha contêm grandes depósitos de ferro que provocam erros nas bússolas e até o GPS deixa de funcionar, fazendo com que seja extremamente fácil as pessoas perderem-se.
­
­
Contudo, o campo magnético gerado pelo ferro é demasiado fraco para ter um efeito significativo, além disso, as forças militares do Japão e dos Estados Unidos fazem exercícios de treino regularmente na floresta, durante os quais o GPS, as bússolas e os outros aparelhos electrónicos de orientação funcionam perfeitamente.
­
­­
Na entrada da mata há placas com dizeres como "por favor, reconsidere" ou "antes de decidir morrer, consulte a polícia". Este bosque é o lugar mais popular para cometer suicídios no Japão.
­
­
Anualmente, cerca de 70 pessoas vão para Akigahara e nunca mais voltam. A forma mais comum de suicídio é por enforcamento. Isso não é de hoje. Existem registros de que, por volta de 1830, quando o Japão passava por um gigantesco perrengue econômico, as famílias de camponeses famintos abandonavam bebês e idosos inválidos no bosque para que eles morressem e, assim, diminuísse o número de bocas para alimentar.


#CiroUchoa

2 comentários:

renata disse...

Que horror! O.O
mas interessante... rsrs

Anônimo disse...

Olá... fantástico o seu blog !! Já estou te seguindo!!

Se puder seguir o meu ... agradeço!!! http://kiartkaricatura.blogspot.com/